Fale Conosco: +55 (11) 1234-5678

Recursos - Devocional - Na mesa com o mestre!

31Out2017

E Jesus, passando adiante dali, viu assentado na alfândega um homem, chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu.
E aconteceu que, estando ele em casa sentado à mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores, e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discípulos. E os fariseus, vendo isto, disseram aos seus discípulos: Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores? Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes. Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.”
 Mateus 9:9-13

 

Quando tentamos visualizar esta cena descrita no evangelho de Mateus, percebemos como Jesus demonstrava seu real interesse em amar, valorizar, aceitar as pessoas da forma como eram, o que não significava que Ele abriria mão de transformar suas histórias, mas obviamente, antes do chamado ao arrependimento, como descrito neste texto, o exercício da graça e da misericórdia era intenso na convivência com os publicanos e pecadores de sua época.

Na cultura judaica, quando alguém é convidado para sentar-se à mesa, significa que este convidado terá acesso e se tornará participante da vida de quem o convidou.

Pois bem, aqui está o conflito dos religiosos daquela época e de nossa época também, a medida que tornam a prática religiosa um instrumento de arrogância, intolerância e restritivo, frontalmente oposto ao convite de Jesus aos pecadores para sentarem-se à mesa, cujo propósito era dar acesso e torná-los participantes da sua própria vida.

Esta simplicidade precisa urgentemente ser comunicada nos púlpitos, e por todo cristão convicto e alcançado por este Amor, pois a exclusão religiosa, produziu uma multidão de enfermos que permanecem sem acesso à mesa que está pronta para TODOS, sem distinção, dentro e fora de nossas igrejas.

Portanto, sente-se e torne-se participante da vida de Cristo, pois como Ele mesmo disse, “...e quem vier a mim eu jamais rejeitarei.” (Jo 6:37).

Boa refeição!